Abstract

Estudos sobre o meio físico são importantes para auxiliar a compreensão da risco do ambiente ao processo erosivo. Este trabalho teve como objetivo elaborar o mapa de Potencial Natural à Erosão do município de Sorocaba-SP, bem como interpretar os condicionantes do meio físico que determinam uma maior ou menor susceptibilidade ao processo. Utilizou-se recursos de geoprocessamento, sendo a Equação Universal de Perda de Solo o modelo matemático empregado para desenvolvimento do trabalho. Os resultados apontam uma distribuição sazonal irregular da erosividade das chuvas, com sua maior parte concentrada no quadrimestre dez-jan-fev-mar (69,17% do total). Por sua vez, em função das classes de solos ocorrentes de forma predominante, verificou-se que a erodibilidade é classificada como média-forte. O fator topográfico mostrou predominância espacial de baixos valores, embora algumas áreas mostrando altos valores também ocorreram. O mapa do PNE revelou ampla similaridade de ocorrência conforme variou o fator topográfico e revelou ainda várias regiões do município que necessitam de um planejamento de uso da terra adequado, pois o risco à erosão é significativo, podendo gerar sérios impactos e prejuízos.

Full document

The PDF file did not load properly or your web browser does not support viewing PDF files. Download directly to your device: Download PDF document
Back to Top

Document information

Published on 01/01/08
Accepted on 01/01/08
Submitted on 01/01/08

Volume 8, Issue 1, 2008
Licence: CC BY-NC-SA license

Document Score

0

Views 8
Recommendations 0

Share this document

claim authorship

Are you one of the authors of this document?